História das Camisas da Espanha

300x250_zanox_Oferta da Semana

O artigo "História das Camisas da Espanha" foi publicado por Murilo na Categoria "Espanha".

Se você tiver qualquer dúvida, dica, opinião, crítica, informação adicional deixe seu comentário na área reservada ao fim do post relacionado a "História das Camisas da Espanha". O site Camisas de Time tenta trazer sempre o melhor da informação para você

De la Furia a La roja.

Grandes equipes e poucas vitórias. Durante décadas este foi o cenário vivido pela “furia”, apelido dado pela garra e vontade de uma das principais seleções da Europa, mas que conviveu com diversos fracassos, tanto em mundiais quanto em seu próprio continente. Panorama que mudou a partir de 2008, com a conquista da Eurocopa após mais de 40 anos sem o título e, em 2010, época em que os espanhóis alcançaram seu auge, ao vencer a Holanda na final da Copa do Mundo, na África do Sul.

O apelido também mudou. Em 2004, um treinador sugeriu que o time passasse a ser chamado de La roja (O vermelho), em menção ao uniforme espanhol que marcou a maior parte do legado de seu futebol. A camisa vermelha já era utilizada na década de 1920, período em que ganhou o primeiro apelido: Furia Rossa (Fúria vermelha), concedido por um jornalista Italiano por conta do futebol apresentado contra a Itália, na primeira partida entre as seleções.

História da Espanha

História da Espanha

Depois desse período, a seleção da Espanha adotou uma camisa branca, durante a guerra civil espanhola, na qual os jogadores utilizavam o símbolo franquista (uma menção ao general Francisco Franco). Quando a ditadura tomou o poder do país, o uniforme passou a ser azul, cor do fascismo. Foi assim até o ano de 1947, quando o vermelho voltou a estampar o uniforme da equipe.

Nas Copas do Mundo, a primeira participação aconteceu na Itália, em 1934, e teve os espanhóis eliminados nas quartas de final. Em 1950, uma das melhores campanhas do time, com o quarto lugar no torneio. Em 1964, o primeiro título internacional de grande relevância: a conquista da Eurocopa, com uma vitória de 2 a 1 sobre a União Soviética. A Espanha foi a sede da competição.

escudo da espanha

escudo da espanha

Porém, desde então, as participações no mundial se restringiriam a equipes que seriam eliminadas, nas quartas e oitavas de final, ou vexames com eliminações nas fases iniciais e, até mesmo, que não passariam das Eliminatórias Europeias. A exceção veio com os jovens, em 1992, vencedores das Olimpíadas de Barcelona.

O cenário mudou definitivamente em 2008, com a segunda conquista da Eurocopa e com novo apelido: La roja. No ano 2010, depois de 13 participações em Copas, a bela camisa vermelha, com detalhes em preto e amarelo, foi finalmente a maior de todas em uma Copa do Mundo.

A seleção da Espanha segue com a tradicional camisa vermelha, com detalhes em dourado e azul, calções azuis e meias vermelha e amarela. Como segundo manto, os espanhóis usaram diversos modelos: camiseta azul escuro com detalhes em vermelho e amarelo nas mangas; o mesmo modelo com o branco no lugar do azul; uma camisa amarela com frisos pretos; dentre outros.

Vote no artigo "História das Camisas da Espanha":
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5,00 de 5 com 1 votos)
Loading...

Compartilhe com Seus Amigos!

Um comentário em História das Camisas da Espanha

  1. essa seleçao e muito boa sou um grande torcedor da espanha meu avo era espanhol e como eu era muito fanatico vamos espanha vamos ser campeao da copa da confederaçoes e da copa do mundo de 2014

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *